Livrando-se da armadilha

Raramente refletimos sobre uma inclinação pecaminosa tão presente na vida das pessoas, embora elas não queiram admitir isso. Além disso, como cristãos que foram habilitados e capacitados por Deus, precisamos considerar seriamente esse mal que afeta a maioria das pessoas a quem ministramos ou aconselhamos e que inclusive afeta a nós mesmos.
Certamente não gostaríamos de ser chamados de “viciados em aprovação”; entretanto, quem nunca refletiu um coração orgulhoso ou desejoso de receber a provação dos homens? Quem nunca foi motivado pelo desejo de agradar as pessoas mais do que pelo desejo de agradar a Deus?
Fomos criados para adorar a Deus! Porém, essa adoração devida exclusivamente a Deus foi corrompida por causa do pecado e em vez de adorar e temer a Deus o homem passou a adorar e temer aos ídolos (Rm 1.21-23).
O profeta Jeremias descreve o nosso coração dizendo: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?”(Jr 17-9)
Consciente desta inclinação, Davi orou a Deus: “Ensina-me, SENHOR, o teu caminho, e andarei na tua verdade; dispõe-me o coração para só temer o teu nome.” (Sl 86.11). Precisamos estar conscientes dessa nossa inclinação e clamar ao Senhor para que nos ajude a não cair na cilada de temer ao homem, e não a Deus (Pv 29.25).
O temor aos homens se manifesta de muitas maneiras, tais como o medo de ser rejeitado, o medo de ser contrariado, o medo de ser descoberto em sua pecaminosidade, o desejo de agradar a todos, a busca por elogios, a omissão da apresentação da verdade bíblica com o medo de ser rejeitado, ou ainda o desejo de agradar aos outros com motivos egoístas. Há muitas consequências negativas na vida de alguém que vive para agradar aos homens.
Entretanto, para lidarmos com este pecado, temos os recursos suficientes e infalíveis de Deus através do poder e ação do Seu Espírito, da iluminação e transformação que a Sua Palavra opera em nossos corações. Precisamos buscar e depender do Senhor!
A única maneira de nos livrarmos da armadilha do temor aos homens é o temor a Deus.

Pr. Lou Priolo



VOLTAR