Maturidade na Igreja

Entrevista com Russell Shedd
 
Apesar do Dr. Russell Shedd dispensar apresentações para o público evangélico, não podemos deixar de fazê-lo já que o assunto desta entrevista demanda uma vivência e um conhecimento bíblico como poucos têm. 
A caminhada do Dr. Shedd com o evangelho marcou sua vida desde muito cedo: ele é americano nascido na Bolívia onde seus pais foram missionários. O Dr. Shedd é o fundador de Edições Vida Nova e da Shedd Publicações, e como não poderia deixar de ser, autor de diversos títulos consagrados entre eles a Bíblia Vida Nova – a primeira bíblia de estudos do país – e editor da Bíblia Shedd. Ele é Mestre pelo Wheaton College (Estados Unidos) e Ph.D. pela University of Edinburgh (Reino Unido).
Leia com atenção as respostas daquele que é um dos mais respeitados teólogos brasileiros e também uma autoridade em questões bíblicas.
Que atitudes caracterizam um líder maduro?
Shedd - Atitudes do líder devem ser aquelas que Jesus teve - Fp 2.5-9 - de servo, de lealdade para com os seguidores, de amor pela obra, de dedicação, sempre mostrando paciência e compromisso em relação à missão que Deus lhe deu. O livro de Gayle Erwin, O estilo de Jesus, pode dar boas dicas.
Em quais áreas da vida ministerial os líderes brasileiros têm demonstrado maior imaturidade?
Shedd - Imaturidade, segundo 1 Co 3.1-4 quer dizer pensar e agir carnalmente, como criança indisciplinada. Alguns líderes têm tropeçado mostrando carnalidade segundo a descrição de Gl 5.19-21 e 2 Co 2.17. 
Quais as conseqüências de uma liderança imatura?
Shedd - As conseqüências da imaturidade são de espalhar as ovelhas, dividir a igreja, e de comunicar a mensagem que o que a Bíblia ensina sobre santidade e responsabilidade não tem importância. Imaturidade na liderança estraga os relacionamentos e transforma a igreja ou organização cristã numa igreja mundana (1 Co 3.3)
O que a igreja deve fazer de forma intencional para levar os membros à maturidade?
Shedd - A igreja deve refletir sobre as marcas de imaturidade e fazer o máximo para tirar e mudar essa influência. Selecionar os homens e mulheres mais maduros e os que estão preocupados com sua falta devem formar um grupo de discussão para buscar as melhores soluções.  Convide um obreiro que tem criado uma igreja madura para falar sobre os passos que ele tomou para alcançar o nível que atingiu em sua igreja.
Rick Warren afirma em um de seus artigos que “Nossas igrejas estão cheias de pessoas que têm freqüentado a igreja a vida inteira e ainda são como crianças espirituais. ” Esta também é a realidade brasileira?
Shedd - Sem dúvida é nossa realidade. Se os membros das igrejas não conhecem a Palavra e os que conhecem, não obedecem, não há possibilidade de ter uma igreja madura. O ensino da Palavra sistematicamente pode ajudar muito. Ignorância é característica de imaturidade.
Que exortação e que incentivos recebemos da Palavra de Deus em relação a este assunto? 
Shedd - Eu creio que as exortações de Paulo para os Coríntios, bem como os de 1 e 2 Timóteo poderiam ajudar. Colossenses 1.28 diz que além de evangelizar, Paulo advertia e ensinava com o intuito específico de levar seus discípulos à maturidade em Cristo. O líder que tem o alvo de alcançar maturidade em sua igreja terá mais chance de chegar lá. Programas de leitura bíblica, biografias cristãs e oportunidade para cuidar de grupos pequenos... tudo promove maturidade.
 

Fonte: www.institutojetro.com 



VOLTAR